Ir para o conteúdo

Conexão JMS

Introdução

Uma conexão JMS, criada usando o conector JMS, estabelece acesso a provedores JMS. Depois que uma conexão for configurada, você poderá criar instâncias de atividades JMS associadas a essa conexão para serem usadas como fontes (para fornecer dados em uma operação) ou como destinos (para consumir dados em uma operação).

Nota

Este conector oferece suporte à política da organização Ativar reautenticação em caso de alteração. Se ativado, uma alteração no Nome de fábrica ou Nome de usuário nesta conexão exige que os usuários digitem novamente a Senha da conexão.

Criar Ou Editar uma Conexão JMS

Uma nova conexão JMS é criada usando o conector JMS de um destes locais:

Uma conexão JMS existente pode ser editada nestes locais:

Configurar uma Conexão JMS

Cada elemento da interface com o usuário da tela de configuração da conexão JMS é descrito abaixo.

A interface utilizada na configuração da conexão JMS depende do Provedor JMS selecionado:

MQ Ativo

Quando Active MQ é selecionado como o Provedor JMS esta interface é apresentada:

Configuração da conexão JMS Active MQ

Dica

Campos com ícone de variável Ícone de variável suporte usando variáveis globais, variáveis do projeto e variáveis Jitterbit. Comece digitando um colchete aberto [ no campo ou clicando no ícone da variável para exibir uma lista das variáveis existentes para escolher.

  • Nome da conexão: Insira um nome a ser usado para identificar a conexão. O nome deve ser exclusivo para cada conexão JMS e não deve conter barras / ou dois pontos :. Este nome também é usado para identificar o endpoint JMS, que se refere tanto a uma conexão específica quanto a suas atividades.

  • Provedor JMS: No menu, selecione Active MQ.

  • Fábrica inicial JNDI: Insira a fábrica inicial JNDI (Java Naming and Directory Interface).

  • URL do provedor: Insira a URL de conexão a ser usada.

  • Nome da fábrica: Insira o nome do connection factory.

  • Configurações opcionais: Clique para expandir uma configuração opcional adicional:

    • Usar autenticação: Selecione para autenticar a conexão usando autenticação básica. Quando selecionados, estes campos ficam disponíveis:

      • Nome de usuário: Insira o nome de usuário do provedor JMS.

      • Senha: Insira a senha do provedor JMS.

      Nota

      Para usar a autenticação SSL/TLS com ActiveMQ, o SSL deve ser configurado para o cliente JMS e um certificado deve ser adicionado ao repositório de chaves Jitterbit Java (conforme descrito em pré-requisitos). Assim que os pré-requisitos forem atendidos, a conexão usará automaticamente a autenticação SSL/TLS. Para descontinuar a autenticação SSL/TLS, você deve remover o certificado do repositório de chaves Jitterbit Java.

  • Senha: Insira a senha do provedor JMS.

  • Teste: Clique para verificar a conexão usando a configuração fornecida. Quando a conexão é testada, a versão mais recente do conector é baixada pelos agentes no grupo de agentes associado ao ambiente atual. Este conector suporta a suspensão do download da versão mais recente do conector usando a Desativar atualização automática do conector política da organização.

  • Salvar alterações: Clique para salvar e fechar a configuração da conexão.

  • Descartar alterações: Após fazer alterações em uma configuração nova ou existente, clique para fechar a configuração sem salvar. Uma mensagem solicita que você confirme que deseja descartar as alterações.

  • Excluir: Após abrir uma configuração de conexão existente, clique para excluir permanentemente a conexão do projeto e fechar a configuração (consulte Dependências, exclusão e remoção de componentes). Uma mensagem solicita que você confirme que deseja excluir a conexão.

IBM MQ

Nota

O IBM MQ requer e pode ser usado somente em um Harmony Agente Privado. IBM MQ 9.2 é suportado. Outras versões do IBM MQ também podem funcionar, mas não foram testadas pelo Jitterbit.

Quando IBM MQ é selecionado como o Provedor JMS esta interface é apresentada:

Configuração de conexão JMS IBM MQ

Dica

Campos com ícone de variável Ícone de variável suporte usando variáveis globais, variáveis do projeto e variáveis Jitterbit. Comece digitando um colchete aberto [ no campo ou clicando no ícone da variável para exibir uma lista das variáveis existentes para escolher.

  • Nome da conexão: Insira um nome a ser usado para identificar a conexão. O nome deve ser exclusivo para cada conexão JMS e não deve conter barras / ou dois pontos :. Este nome também é usado para identificar o endpoint JMS, que se refere tanto a uma conexão específica quanto a suas atividades.

  • Provedor JMS: No menu, selecione IBM MQ.

  • URL do provedor: Insira a URL de conexão a ser usada.

  • Gerenciador de filas: Insira o nome do gerenciador de filas.

  • Canal: Entre no canal conectado ao gerenciador de filas especificado.

  • Porta: Insira a porta ao qual o canal está conectado.

  • Configurações opcionais: Clique para expandir configurações opcionais adicionais:

    • Usar autenticação: Selecione para autenticar a conexão usando autenticação básica. Quando selecionados, estes campos ficam disponíveis:

      • Nome de usuário: Insira o nome de usuário do provedor JMS.

      • Senha: Insira a senha do provedor JMS.

    • Usar SSL: Selecione para autenticar a conexão usando o cliente Secure Sockets Layer (SSL). Quando selecionados, estes campos ficam disponíveis:

      Importante

      Ao usar esta opção, o SSL deve ser configurado para o cliente JMS e um certificado deve ser adicionado ao repositório de chaves Jitterbit Java (conforme descrito em pré-requisitos).

      • Cifra SSL: Insira o SSL CipherSpec. Para obter mais informações sobre CipherSpecs do IBM MQ, consulte a documentação do IBM MQ.

      • Protocolo de segurança: No menu, selecione o protocolo de segurança a ser usado, um de TLS, TLSv1.0, TLSv1.1 ou TLSv1.2. Para obter mais informações, consulte a documentação do IBM MQ.

  • Teste: Clique para verificar a conexão usando a configuração fornecida. Quando a conexão é testada, a versão mais recente do conector é baixada pelos agentes no grupo de agentes associado ao ambiente atual. Este conector suporta a suspensão do download da versão mais recente do conector usando a Desativar atualização automática do conector política da organização.

  • Salvar alterações: Clique para salvar e fechar a configuração da conexão.

  • Descartar alterações: Após fazer alterações em uma configuração nova ou existente, clique para fechar a configuração sem salvar. Uma mensagem solicita que você confirme que deseja descartar as alterações.

  • Excluir: Depois de abrir uma configuração de conexão existente, clique para excluir permanentemente a conexão do projeto e fechar a configuração (consulte Dependências, exclusão e remoção de componentes). Uma mensagem solicita que você confirme que deseja excluir a conexão.

Personalizado

Nota

Esta opção permite estabelecer acesso a outros provedores JMS. O uso desta opção requer o uso de um Agente Privado e etapas de configuração adicionais, conforme descrito em Configurar provedores adicionais.

Quando Personalizado (Somente Agente Privado ) é selecionado como o Provedor JMS esta interface é apresentada:

Configuração de conexão personalizada JMS

  • Nome da conexão: Insira um nome a ser usado para identificar a conexão. O nome deve ser exclusivo para cada conexão JMS e não deve conter barras / ou dois pontos :. Este nome também é usado para identificar o endpoint JMS, que se refere tanto a uma conexão específica quanto a suas atividades.

  • Provedor JMS: No menu, selecione Personalizado (somente Agente Privado ).

    Nota

    Esta opção foi confirmada para funcionar com o JBoss EAP, Oracle WebLogic e GlassFish Provedores JMS. Espera-se que outros provedores JMS funcionem, mas não foram testados pela Jitterbit.

  • Fábrica inicial JNDI: Insira a fábrica inicial JNDI (Java Naming and Directory Interface).

  • URL do provedor: Insira a URL de conexão a ser usada.

  • Nome da fábrica: Insira o nome do connection factory.

  • Somente Agente Privado: Quando selecionado, mostra a tabela Configuração Adicional do Provedor, que é usada para adicionar propriedades de configuração adicionais como pares de valores-chave.

    Clique no ícone adicionar ícone adicionar para adicionar uma linha à tabela abaixo e inserir um par chave-valor para cada propriedade.

    Para salvar a linha, clique no ícone de envio ícone de envio na coluna mais à direita.

    Para editar ou excluir uma única linha, passe o mouse sobre a coluna mais à direita e use o ícone de edição ícone de edição ou ícone de exclusão ícone de exclusão.

    Para excluir todas as linhas, clique em Limpar tudo.

    Importante

    Os campos na tabela Configuração Adicional do Provedor exibem o ícone de variável Ícone de variável somente no modo de edição. Para que os valores das variáveis desses campos sejam preenchidos em tempo de execução, a versão do agente deve ser pelo menos 10.75 / 11.13.

  • Configurações opcionais: Clique para expandir uma configuração opcional adicional:

    • Usar autenticação: Selecione para autenticar a conexão usando autenticação básica. Quando selecionados, estes campos ficam disponíveis:

      • Nome de usuário: Insira o nome de usuário do provedor JMS.

      • Senha: Insira a senha do provedor JMS.

  • Teste: Clique para verificar a conexão usando a configuração fornecida. Quando a conexão é testada, a versão mais recente do conector é baixada pelos agentes no grupo de agentes associado ao ambiente atual. Este conector suporta a suspensão do download da versão mais recente do conector usando a Desativar atualização automática do conector política da organização.

  • Salvar alterações: Clique para salvar e fechar a configuração da conexão.

  • Descartar alterações: Após fazer alterações em uma configuração nova ou existente, clique para fechar a configuração sem salvar. Uma mensagem solicita que você confirme que deseja descartar as alterações.

  • Excluir: Após abrir uma configuração de conexão existente, clique para excluir permanentemente a conexão do projeto e fechar a configuração (consulte Dependências, exclusão e remoção de componentes). Uma mensagem solicita que você confirme que deseja excluir a conexão.

Próximos Passos

Após a criação de uma conexão JMS, você coloca um tipo de atividade na quadro de design para criar instâncias de atividade a serem usadas como origens (para fornecer dados em uma operação) ou como destinos (para consumir dados em uma operação).

As ações de menu para uma conexão e seus tipos de atividade podem ser acessados no painel do projeto e na paleta de componentes de design. Para obter detalhes, consulte Menus de ações em Noções básicas do conector.

Estes tipos de atividades estão disponíveis:

  • Reconhecer: Envia uma confirmação em massa de mensagens JMS e destina-se a ser usado como destino em uma operação.

  • Pegar: Recupera todas as mensagens JMS disponíveis em uma fila específica e destina-se a ser usada como origem em uma operação.

  • Consumir (Beta): Consome mensagens de uma fila JMS e destina-se a ser usado como origem em uma operação.

  • Enviar: Envia mensagens para uma fila ou tópico JMS e destina-se a ser usado como destino em uma operação.