Ir para o conteúdo

Atividades

Introdução

A página Atividades do Management Console mostra o status do tempo de execução das operações e a sequência em que uma operação relacionada foi executada, além de fornecer a capacidade para administradores da organização Harmony (membros de uma papel com Admin permissão de organização) ou membros de uma papel que recebeu Execute acesso ao ambiente para cancelar qualquer operação que não foi concluída.

Os membros de uma papel que recebeu acesso ao ambiente Visualizar registros também podem acessar a página Atividades.

Para acessar a página Atividades, faça login no Portal Harmony e, em seguida, use o Portal Harmony no canto superior esquerdo para acessar Management Console > Atividades:

atividades do console de gerenciamento

Nota

Certifique-se de estar acessando a organização desejada, que pode ser alterada na barra de navegação superior (veja Alterando a Organização Selecionada em Portal Harmony).

Os registros de operação também podem ser visualizados em logs de operação do Cloud Studio e logs de operação do Design Studio Páginas.

Gerenciando Atividades

A tabela Atividades mostra informações sobre cada operação, denominada registro de operação. Operações de ambos Cloud Studio e Design Studio projetos estão incluídos.

Os logs de operação, incluindo mensagens de log detalhadas de Agentes em Nuvem e Agentes Privados, são retidos por 30 dias pelo Harmony.

Importante

Por padrão, operações de API bem-sucedidas (configuradas para APIs personalizadas ou Serviços OData) não estão incluídos nos logs de operação a menos que uma destas configurações esteja habilitada:

  • Agentes em Nuvem: Para operações de API em um Agente em Nuvem, registro de depurar de operação deve estar habilitado na operação.
  • Agentes Privados: Para operações de API em um Agente Privado, registro de depurar da operação deve estar habilitado na operação ou você deve definir EnableLogging=true no [APIOperation] seção do arquivo de configuração do Agente Privado.

  • anexo

    • Operação: O nome que identifica a operação conforme atribuída pelo usuário (consulte Cloud Studio Operações ou Design Studio Operações).

    • Projeto: O nome que identifica o projeto ao qual a operação pertence. Os projetos podem ter operações com o mesmo nome das operações de outros projetos.

    • Ambiente: O nome do ambiente para onde a operação foi implantada. Os ambientes de projeto geralmente possuem operações com o mesmo nome, portanto, saber se a operação ocorreu em um determinado ambiente (por exemplo, desenvolvimento, teste ou produção) é fundamental para identificar a operação.

    • Agente: A identificação do agente ao qual a instância de operação foi atribuída.

    • Status: Este campo pode ter estes valores:

      Status
      Ícone Descrição
      SUBMITTED anexo Quando as operações são enviadas para a fila do Harmony, mas ainda não foram retiradas por um agente para execução, elas terão o status Enviadas. As operações podem ser enviadas por vários meios:
      • Serviço de agendamento Jitterbit ou serviço de agendamento externo
      • Execução manual da operação no Cloud Studio ou Design Studio
      • A RunOperation() função a partir de um script ou transformação
      • Qualquer ferramenta, incluindo JitterbitUtils, que chame a API Harmony
      RECEIVED Sem ícone Depois que um agente é selecionado e reconhece que recebeu a solicitação para executar uma operação, o status é alterado para Recebido.
      PENDING anexo Depois que uma operação é agendada para execução no mecanismo de operação de um agente, o status é alterado para Pendente. As operações não devem ficar no status Pendente por longos períodos, pois os agentes devem atender a solicitação e começar a executar as operações em um curto espaço de tempo.
      RUNNING anexo Assim que o agente começar a executar uma operação, o status deverá mudar para Running. As operações permanecerão nesse status até serem concluídas ou encontrarem um erro. O Jitterbit começará a registrar mensagens geradas pela operação durante sua execução, para que os usuários possam rastrear qual parte da operação está sendo executada no momento.
      CANCEL REQUESTED anexo

      Se você quiser interromper uma operação que está no status Enviado, Recebido, Pendente ou Em execução, clique no "X" na coluna mais à direita, Cancelar.

      Como alternativa, você pode ativar outra operação para cancelar uma operação usando uma combinação dos GetOperationQueue() função e CancelOperation().

      Depois que o cancelamento for solicitado, o status da operação mudará para Cancelamento solicitado. Uma operação não deve permanecer neste estado por muito tempo, pois o agente deve cancelar a operação num período de tempo relativamente curto.

      CANCELED anexo Depois que um agente cancela uma operação, ele define o status como Cancelado e a operação é encerrada. Todas as informações do log até o momento do cancelamento estarão disponíveis para revisão nas mensagens de log, para que o usuário saiba em que momento a operação foi cancelada. As mensagens de log também indicam se a operação foi cancelada manualmente por um usuário.
      SUCCESS anexo Depois que um agente conclui a execução de uma operação, se o resultado foi um sucesso sem avisos do sistema de destino ou aviso escrito na transformação usando o WriteToOperationLog() função, o status será definido como Sucesso.
      SUCCESS WITH INFO anexo Se o agente concluir a execução de uma operação, mas houver problemas não fatais na transformação ou no lançamento no sistema de destino ou no WriteToOperationLog() foi usada para gravar mensagens no log, o status será definido como Sucesso com informações. Isso alerta o usuário para verificar informações nas mensagens de log.
      SUCCESS WITH WARNING anexo Se o agente concluir a execução de uma operação, mas houver problemas não fatais na transformação ou no lançamento no sistema de destino e houver um aviso, o status será definido como Sucesso com Aviso. Isso alerta o usuário para verificar avisos nas mensagens de log.
      SUCCESS WITH CHILD ERROR anexo Se o agente concluir a execução bem-sucedida de uma operação, mas dentro de uma ou mais operações filhas, ocorreu um erro fatal na gravação no sistema de destino, ou ocorreu um erro fatal de validação na transformação, ou a lógica de transformação acionou o RaiseError() função, o status da operação será definido como Sucesso com erro filho. Este status não se aplica a operações assíncronas.
      ERROR anexo Se o agente conclui a execução de uma operação, mas houve um erro fatal na gravação no sistema de destino, ou houve um erro fatal de validação na transformação, ou a lógica de transformação acionou o RaiseError() função, o status da operação será definido como Erro e a execução da operação será encerrada.
      SOAP FAULT anexo Se o agente concluir a execução de uma operação e o resultado for uma falha SOAP, o status será definido como Falha SOAP. Este status é aplicável apenas para operações que usam um Cloud Studio SOAP ou Salesforce endpoint ou para operações usando Design Studio Web Services ou o Assistente do Salesforce.
      DELAYED STATUS Sem ícone Se o agente não retornar um log de operação por qualquer motivo, Status Atrasado será exibido. O Harmony tentará buscar registros seis vezes, com um tempo limite de 10 segundos entre cada chamada. Atualize ou verifique os registros novamente mais tarde.

      Dica

      A documentação de funções está disponível em Cloud Studio Functions ou Design Studio Formula Builder, respectivamente.

    • Data de Envio: A hora em que a execução da operação foi solicitada.

    • Data da última atividade: A hora em que o status da operação foi alterado pela última vez.

    • Cancelar: Para interromper uma operação que está no status Enviado, Recebido, Pendente ou Em execução, clique no "X" nesta coluna.

    Cancelamento de Atividades

    Conforme observado acima, o cancelamento de atividades pode ser feito usando a coluna mais à direita da tabela Atividades e clicando em "X". Existem dois tipos diferentes de cancelamento que podem ocorrer, hard cancel ou soft cancel, dependendo do status da operação:

    • Cancelamento total: Uma operação que esteja no status Em execução será cancelada permanentemente após clicar em "X" na coluna mais à direita. Um cancelamento forçado enviará uma solicitação ao agente para cancelar imediatamente a operação em execução e o status mudará para Cancelamento solicitado. Assim que o agente cancelar a operação, o status será definido como Cancelado.

    • Cancelamento suave: Uma operação que esteja no status Enviado, Recebido ou Pendente será cancelada suavemente após clicar em "X" na coluna mais à direita. Você pode desejar cancelar suavemente uma operação quando um agente não estiver respondendo e a operação permanecer no status Enviado, Recebido ou Pendente e não estiver mudando para o status Em execução. Para um cancelamento suave, o status será definido como Cancelado, embora a operação ainda possa ser executada.

      Nota

      Um cancelamento suave não envia uma solicitação ao agente e pode resultar em uma operação que ainda será executada.

    Você pode pesquisar atividades usando o seletor de data do calendário à direita da barra de pesquisa para selecionar datas predefinidas ou personalizadas ou inserindo critérios de pesquisa diretamente na barra de pesquisa:

    anexo

    • Calendar Datepicker: Para pesquisar por datas predefinidas ou personalizadas, clique no ícone do calendário anexo localizado à direita da barra de pesquisa. O menu suspenso fornecerá pesquisas predefinidas para operações nas últimas 24, 48 ou 72 horas, bem como a opção de fornecer um horário personalizado:

      anexo

      Clique em qualquer um dos horários predefinidos para carregar os resultados da pesquisa para o período selecionado. Ou clique na opção Horário personalizado para abrir um pop-up onde você pode selecionar seus critérios de data/hora:

      anexo

    • Barra de pesquisa: O uso da barra de pesquisa oferece opções adicionais para filtrar dados. Insira os critérios de pesquisa diretamente na barra de pesquisa localizada logo acima da tabela Atividades. Os critérios de pesquisa são explicados abaixo.

      Após inserir seus critérios, clique no ícone de atualização localizado à esquerda da barra de pesquisa para executar a pesquisa:

      anexo

    • Nome da Operação: Digite "operação=" imediatamente seguido do nome da operação. Para pesquisas curinga, insira as primeiras letras do nome da operação seguidas de um símbolo de porcentagem (%). Por exemplo:

      • operation=New Delete retorna qualquer instância da operação New Delete que foi executada.

      • operation=New% retorna todas as instâncias de quaisquer operações com nomes que começam com "Novo".

    • Nome do Projeto: Digite "project=" imediatamente seguido do nome do projeto. Para pesquisas curinga, insira as primeiras letras do nome do projeto seguidas de um símbolo de porcentagem (%). Por exemplo:

      • project=SFDC-SAP retorna qualquer operação contida no projeto SFDC- SAP que foi executado.

      • project=SFDC% retorna todas as instâncias de qualquer operação contida em qualquer nome de projeto que comece com "SFDC".

    • Nome do Ambiente: Digite "ambiente=" imediatamente seguido do nome do ambiente. Para pesquisas curinga, insira as primeiras letras do nome do ambiente seguidas de um símbolo de porcentagem (%). Por exemplo:

      • environment=DEnv retorna qualquer operação implementada no ambiente DEnv que foi executada.

      • environment=DE% retorna todas as instâncias de qualquer operação implantada em qualquer nome de ambiente que comece com "DE".

    • Nome do Agente: Digite "agent=" imediatamente seguido do nome do agente. Para pesquisas curinga, insira as primeiras letras do nome do agente seguidas de um símbolo de porcentagem (%). Por exemplo:

      • agent=Windows% retorna todos os agentes cujo nome começa com "Windows".
    • Status: Digite "status=" imediatamente seguido do status. Para pesquisas curinga, insira as primeiras letras do status seguidas por um símbolo de porcentagem (%). Por exemplo:

      • status=SUCCESS% retornaria todos os status começando com SUCESSO, como SUCESSO COM AVISO.
    • Data de envio: Insira "enviado" imediatamente seguido por uma avaliação como \<= ou >=. Em seguida, insira a data ou intervalo de datas para pesquisar. Por exemplo:

      • submitted>=9/12/2016 retornaria todas as atividades desde 12/09/2016.
    • Data da última atividade: Insira "lastActivity" imediatamente seguido por uma avaliação como \<= ou >=. Em seguida, insira a data ou intervalo de datas para pesquisar. Por exemplo:

      • lastActivity=10/04/2016 retornaria todas as atividades no dia 04/10/2016.
    • Múltiplos critérios: Insira vários critérios de pesquisa separados por ponto e vírgula. Por exemplo:

      • operation=New%; submitted=04/04/2016 retorna todas as instâncias de quaisquer operações com nomes que comecem com "Novo" e que foram enviadas para execução em 4 de abril de 2016.

    Classificando Atividades

    Clique no cabeçalho de qualquer coluna para classificar a tabela com base nos dados dessa coluna em ordem crescente. Uma seta branca apontando para cima será exibida na coluna à direita do nome do cabeçalho.

    Clique duas vezes no cabeçalho da coluna em qualquer coluna para classificar a tabela com base nos dados dessa coluna em ordem decrescente. Uma seta branca apontando para baixo será exibida na coluna à direita do nome do cabeçalho.

    Visualizando Informações Detalhadas

    Quando uma operação na tabela Atividades é selecionada, as guias na seção inferior da tela ficam disponíveis: Mensagens, Logs de atividades e Arquivos de depuração.

    Mensagens

    A aba Mensagens exibe estas informações:

    anexo

    • Registros de origem: Uma contagem de registros que foram lidos no sistema de origem.
    • Registros de destino: Uma contagem de registros que foram postados no sistema de destino.
    • Mensagens de log: As mensagens de log incluem os detalhes do log da operação selecionada. A exibição das mensagens de log depende das permissões e dos níveis de acesso do usuário atual e se o registro em nuvem está ativado (consulte Mensagens de log abaixo).

    Registrar Mensagens

    As mensagens de log incluem estes detalhes de log:

    • Mensagem gerada pelo sistema informando se a operação foi concluída sem erros.
    • Mensagens de informação e aviso retornadas pelo sistema de origem ou de destino.
    • Avisos de validação retornados pelos serviços de transformação, validação e script do Jitterbit.
    • Mensagens definidas pelo usuário incluídas na concepção do projeto usando o WriteToOperationLog() função.

    As mensagens de log são acessíveis a usuários que são membros de uma papel com um mínimo de permissão Read da organização e acesso ao ambiente Execute (consulte Permissões e acesso do Harmony). Um nível de acesso ao ambiente de Visualizar logs não é suficiente.

    O registro em nuvem é uma opção definida nas configurações de um grupo de Agente Privado (consulte Adicionar grupos de Agente em Agentes > Grupos de Agente) que determina se os dados de registro são salvos temporariamente e acessíveis na nuvem Harmony. O registro em nuvem está sempre habilitado nos Grupos de Agentes em Nuvem. As informações exibidas na aba Mensagens dependem de o registro em nuvem estar ativado:

    • O registro em nuvem está ativado: Quando o registro em nuvem está ativado, as mensagens de log são exibidas após Mensagem:

      anexo

    • O registro em nuvem está desabilitado: Quando o registro em nuvem está desabilitado, as mensagens de log podem ser visualizadas com segurança usando o link Exibir mensagens de log do agente, se sua configuração de rede permitir acesso direto ao servidor do agente. As mensagens de log são geradas a partir do Agente Privado e exibidas em uma aba separada do navegador.

      anexo

    Registros de Atividades

    Se você estiver executando uma operação contendo um Salesforce, Salesforce Service Cloud ou atividade ServiceMax em um Agente Privado, os arquivos de sucesso e falha estão disponíveis para download na página Atividades do Management Console. Selecione a operação relevante na tabela Atividades e clique na aba Registros de atividades na seção inferior da tela para exibir links de download para os arquivos, se disponíveis:

    registros de falha de sucesso

    • Baixar arquivo com sucesso: Se você estiver executando a operação em um Agente Privado, clique no link Download para salvar os registros de sucesso como um arquivo CSV.

    • Falha no download do arquivo: Se você estiver executando a operação em um Agente Privado, clique no link Download para salvar os registros de falha como um arquivo CSV.

    Nota

    Por padrão, os arquivos de sucesso e falha são excluídos automaticamente do Agente Privado após 14 dias pelo Jitterbit File Cleanup Service. O número de dias que os arquivos são salvos pode ser alterado editando o [ResultFiles] seção no jitterbit.conf arquivo. Você também pode alterar as regras de retenção de arquivos de sucesso e falha editando as regras do serviço de limpeza de arquivos Jitterbit para Agentes Privados.

    Os downloads do log de atividades estão desativados para Agentes em Nuvem. Se os links estiverem visíveis, você receberá uma mensagem de erro se tentar fazer o download.

    Arquivos de Depuração

    Se estiver usando Agentes Privados e o modo de depurar estiver ativado, a aba Arquivos de Depuração conterá um link para baixar os logs de depurar. O registro de depuração permite registrar mensagens de depurar em arquivos em um Agente Privado. Você pode ativar o modo de depurar no nível de operação (consulte Cloud Studio Opções de operação ou Design Studio Opções de operação) ou no nível do projeto (consulte Registro de depuração de operação).

    Nota

    O download de logs de atividades está desativado em Agentes em Nuvem. Embora um link de download possa ser mostrado, você receberá uma mensagem de erro se tentar fazer download usando esse link.